Arquivo da categoria: Conteúdo

Assista à websérie Gente Awá

banner

O que une os Awá-Guajá — grupo indígena do Maranhão de pouco mais de 360 pessoas, com parte de sua população em situação de isolamento voluntário nas matas da Amazônia Oriental — aos Guarani-Kaiowá — o segundo maior grupo indígena do país, com quase 50 mil pessoas vivendo uma situação desesperadora em seu cotidiano, marcado por dezenas de assassinatos e suicídios todo ano, além de confrontos diretos com fazendeiros do sul de Mato Grosso do Sul, fronteira com o Paraguai?

Os Awá-Guajá e os Guarani-Kaiowá representam realidades extremas vividas em duas regiões do país onde hoje é muito distinta a situação dos povos indígenas, no que tange à terra.

É sobre esse assunto que trata a série Gente Awá, realizada pela Noctua – Ideias e Conteúdo, que está sendo lançada hoje. O projeto é financiado pelo Ministério da Justiça e tem curadoria de Renato Janine Ribeiro, Uirá Garcia e Spensy Pimentel. São cinco episódios que documentam a luta indígena pela terra no Brasil.

A série faz um paralelo entre os dois casos: os Awá-Guajá, do Maranhão, e os Guarani-Kaiowá, do Mato Grosso do Sul e, por meio do diálogo com lideranças indígenas, pensadores e especialistas no assunto, busca mostrar que o desafio pelo território continua marcando as comunidades indígenas do Brasil do século XXI.

Saiba mais sobre o projeto aqui.

Assista o primeiro episódio aqui.

Dia do índio?

No último domingo, 19 de abril, foi comemorado o Dia do Índio no Brasil. Esta data foi criada no governo de Getúlio Vargas, em 1943, através do Decreto de Lei 5540.

Para muitos, a data é uma comemoração; um dia no ano para se lembrar, de forma pouco crítica, a cultura desses diversos povos que atendem pelo nome genérico de índio. Para outros, entretanto, a data é uma oportunidade para se pensar em como esses povos são vistos pela sociedade majoritária e refletir acerca da complexa questão indígena no Brasil.

Veja no vídeo como David Martim, liderança indígena Guarani-Mbya, entende esta questão. David é professor de História, morador da aldeia Ytu, localizada na Terra Indígena Jaraguá – zona noroeste da capital paulista.

Esta pílula foi extraída da websérie Gente Awá, idealizada e produzida pela Noctua para o projeto Direitos Difusos, do Ministério da Justiça, e será lançada em junho.

Curador de conteúdo da Noctua é nomeado Ministro da Educação

O filósofo Renato Janine Ribeiro, um dos curadores de conteúdo do projeto “A vulnerabilidade das comunidades indígenas contemporâneas no Brasil”, idealizado e executado pela Noctua, foi nomeado o novo Ministro da Educação.

O Projeto é contemplado pelo edital Direitos Difusos, do Ministério da Justiça, e resultará na web série Gente Awá, que irá discutir o tema da vulnerabilidade territorial de duas etnias indígenas em diferentes estágios de contato com a sociedade majoritária: Guarani Kaiowá [MS], contatados há mais de 350 anos, e Awá-Guajá [MA], recém-contatados e isolados.

A Noctua se sente extremamente honrada por ter Janine como parceiro e preparou um vídeo com fragmentos da websérie Gente Awá com falas do novo ministro. Por meio de suas palavras, podemos enxergar novas perspectivas para a educação brasileira.

O “eu” como marca, uma forte tendência para este ano

Empresas no Brasil e no mundo estão bastante atentas ao associar suas marcas à pessoas, como celebridades e atletas. Ao pensar todos os aspectos de suas vidas – aparência, dia a dia, vida profissional, vida pessoal, essas personalidades querem construir o seu “eu como marca” da forma mais sólida possível.

A partir de um nome e imagem fortes, os caminhos para novos negócios estão abertos. O chamado me brands impacta positivamente, também, no público final de produtos e serviços.

Saiba mais sobre essa nova forma de construir negócios – o personal brandingneste artigo.

A cultura transmídia

Seja macro, seja micro. As empresa que querem sobreviver à atual voracidade de seus concorrentes têm buscado se adequar ao ambiente de convergência dos meios de comunicação. O conceito de Transmídia conecta as ferramentas necessárias para que as marcas possam contar suas histórias à audiências multitelas.

Conheça, no artigo de Eduardo Vettorazzi, outros detalhes sobre essa estratégia largamente utilizada pela publicidade para estreitar a relação entre consumidores ativos, e inquietos por interação, e seus serviços e produtos favoritos.

Leia a íntegra aqui.