image

A Vulnerabilidade das comunidades indígenas no Brasil

Contemplado no edital Direitos Difusos, do Ministério da Justiça, em parceria com o Instituto Social e Cultural Lumiar, o projeto realizará uma série de vídeos abordando a problemática territorial vivenciada por etnias que estão em diferentes estágios de contato com a sociedade majoritária. A negligência do poder público e do modo de vida capitalista tem desencadeado uma série de atos violentos e situação de extrema vulnerabilidade.

image play

tronco

menino

Iniciamos o ano de 2014 com a criação e produção do projeto “A Vulnerabilidade das Comunidades Indígenas Contemporânea no Brasil”, contemplado pelo edital Direitos Difusos, do Ministério da Justiça, em parceria com o Instituto Social e Cultural Lumiar.

O objetivo deste projeto criar é uma série de vídeos abordando a vulnerabilidade existente entre povos em diferentes estágios de contatos com a sociedade majoritária: Awá-Guajá e Guarani-Kaiowá. O intuito do material é contribuir para a preservação  e proteção do patrimônio histórico nacional.

 

rio

O comportamento das sociedades majoritárias e as decisões governamentais têm sido cada vez mais impactantes para a sobrevivência dos povos indígenas no Brasil e no mundo. A maior parte dos brasileiros desconhece a realidade vivida por cerca 1 milhão de indígenas que habitam o território nacional.

O projeto pretende criar uma ponte de diálogo entre culturas que vivem de formas muito distintas. Neste momento, concluída a fase da captação de imagens, estamos iniciando a montagem dos vídeos que ficarão disponíveis em uma plataforma digital para acesso de toda a população brasileira. A previsão de finalização é fevereiro de 2015.

 

trabalhadores

paisagem